Ánanda Márga Caryácarya Parte 3

Shrii Shrii A’nandamu’rti, fundador, proponente e preceptor do movimento Ananda Marga, formulou o trishástra da Ananda Marga — que é composto de dharma shástra (tratado espiritual); darshan shástra (tratado filosófico) e samája shástra (tratado social) — a partir de uma perspectiva filosófica monística da Ananda Marga. As partes 1, 2 e 3 de Ananda Marga Carya’carya (caryácarya significa “código”) constituem o samája shástra.

A parte 3 contém todos os conselhos e restrições relacionadas com a saúde física, tendo em vista o progresso mental e espiritual. O autor explica as posturas yogis (ásanas) e outras práticas relacionadas, sem esquecer que o acompanhamento de um instrutor qualificado (acárya) é fundamental.

O autor escreveu o Caryácarya original em 1956, quase imediatamente após a missão da Ananda Marga ter sido fundada.Nos anos 60, 70 e 80, o autor acrescentou diretivas para um maior benefício aos seguidores da Ananda Marga.

Continuar a ler

Yoga para a Saúde Integral

A milenar ciência do YOGA nos revela que o segredo da saúde reside na harmonia entre o corpo e a mente.

Estudando e praticando os ensinamentos da yoga, você gradualmente aprende a manter o corpo e a mente em equilíbrio em todas as situações. O Yoga de Ananda Marga é o resultado de milhares de anos de experiências práticas e da investigação individual.

Este sistema de medicina preventiva oferece as técnicas mais sutis para obtermos uma saúde integral, tranqüilidade emocional, alívio do stress e do cansaço, retardo do processo de envelhecimento, flexibilidade dos membros e um aumento da energia e da vitalidade do corpo. YOGA PARA A SAÚDE pode ser a chave para a porta que revela as potencialidades ocultas do corpo e da mente.

Continuar a ler

O que há de errado em comer carne?

O que há de errado em comer carne? Se você é vegetariano já terá sido perguntado muitas vezes. Se você não é, talvez já tenha se perguntado. Existem razões filosóficas, de saúde, ecológicas, políticas, econômicas e morais para não comer carne.

“O que há de errado em comer carne?” explora em profundidade cada uma dessas áreas, dando uma imagem completa do pensamento vegetariano. Em numa forma de fácil leitura e bem documentada, este livro apresenta os sentimentos universais que têm levado pessoas de todo o mundo ao vegetarianismo, no passado e no presente.

“O que há de errado em comer carne?”, é um livro pequeno e sensível elaborado para ser facilmente entendido.

Queremos compartilhar com você o prazer pessoal e a saúde que o vegetarianismo nos trouxe. Convidamos você a unir-se a nós neste pequeno passo por um mundo melhor.

Continuar a ler

Food for Thought

Este livro foi inspirado nos trabalhos de P.R. Sarkar, especialmente Carya’carya Partes 1 a 3 e Yogic Treatments and Natural Remedies, sendo um excelente recurso quer para iniciantes quer para os já vegetarianos. Cobre as várias razões para se adoptar uma dieta vegetariana, mostrando logicamente o porquê de ser a mais benéfica para os seres humanos.

O livro cobre uma por uma, as mais importantes proteínas, vitaminas e sais minerais, explicando as suas funções e alimentos onde podem ser encontrados.

Continuar a ler

Os 16 Pontos

A característica mais significativa da Ananda Marga é a possibilidade de acesso às técnicas intuitivas do Yoga Tantrico, para o desenvolvimento pessoal, e a disponibilidade de uma abordagem objectiva para a transformação social.

Os 16 Pontos para a auto realização do Iogue, constituem recursos que efectivamente formam a base estrutural do aspirante espiritual, visando a realização do seu processo de transmutação energética, conhecido como Sádhana (práticas espirituais).

A partir de um corpo saudável, uma mente mais tranquila, com as tendências instintivas sob razoável controle e dispondo de uma convivência social em harmonia, poderemos optimizar o processo de Sádhana e aceder a todas as dimensões da infinita existência humana.

Dentre as preciosidades legadas por Shrii Shrii Anandamurti, estão os 16 pontos, eles representam a síntese do processo que transporta o ser humana de uma condição limitada, a um estado que transcende os seus condicionamentos, estabelecendo-se na infinita luminosidade, beleza e nobreza da esfera espiritual. Desta forma, cumpre com a sua natureza que é desenvolver, num processo evolutivo natural, todo o seu potencial físico, mental, espiritual e social.

Continuar a ler