Sede Pelo Infinito

A palavra “dharma” refere-se à característica inata ou essencial de um objecto. Por exemplo,o dharma do fogo é queimar e o dharma da água é fluir e ser “molhada”. Tudo tem um dharma, aquela característica essencial sem a qual algo não existia.

O dharma dos seres humanos é único, pois é duplo. Por um lado, nós partilhamos a natureza dos animais, comemos, dormimos e reproduzimos. Porém, não somos apenas animais racionais, existe uma diferença tão fundamental entre os seres humanos e o reino animal e o reino vegetal. Nos seres humanos existe uma sede pelo infinito. Continuar a ler